Header Image

Blitz, 2002

Blitz, São Paulo, 2003. Na ação Blitz, propus que os policiais posassem para foto. As fotos eram feitas pelos oficiais em comando. Trabalho foi exposto na fachada do 7º Batalhão da Polícia Militar de São Paulo.

“(…) Há poucos meses, os transeuntes que passassem em frente ao casarão que abriga o 7º Batalhão da PM instalada na ainda aristocrática Avenida Angélica, bairro de Higienópolis, se deparavam com grandes fotos fixadas no muro do edifício.  Ali podia-se ver a imagem de policiais fardados sorridentes e pouco confortáveis ao lado de um cara com jeito de “artista”, também sorrindo amarelo. Simpática e estranha, a situação sugeria uma aproximação impessoal entre o cidadão comum e os policiais.Um marketing da polícia para melhorar a auto-estima?-  E esses hômi aí com esse cara...??-  Policial com jeito de gente, ô!  É bonito...As muitas pessoas que passaram por ali nunca souberam se deveriam acreditar na estampada simpatia dos policiais-modelo posando com o cidadão. É ano de eleição. “Blitz” chama-se esse trabalho desenvolvido por Daniel Lima também para a exposição à céu aberto Gennius Loci, em maio.” 
Trecho de “O Homem Nú e o Helicóptero -Intervenções de baixo impacto numa cidade grande” de Daniela Labra